Dedução de empregado doméstico no Imposto de Renda é extinta

Até 2019 era possível abater os gastos com a previdência de empregados domésticos no Imposto de Renda de Pessoa Física, num valor de até R$ 1,2 mil, mas o benefício não foi prorrogado para 2020, e, portanto, não poderá ser utilizado na declaração deste ano.

O Senado Federal chegou a aprovar em outubro de 2019 um projeto de lei prorrogando o benefício até 2024, mas a proposta não foi votada na Câmara dos Deputados.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/imposto-de-renda/2020/noticia/2020/03/06/imposto-de-renda-sem-deducao-declaracao-de-gasto-com-empregado-domestico-nao-e-mais-necessaria.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *